segunda-feira, 28 de maio de 2018

Comitê coordenado pelo prefeito Orlandinho visa a manutenção de serviços essenciais em Cruz das Almas


Na manhã desta segunda-feira (28), no Paço Municipal, foi realizada reunião com a proposta de criar comitê de avaliação da situação que o município de Cruz das Almas enfrenta, devido ao desabastecimento causado pela paralisação dos caminhoneiros.

Proposto pelo executivo municipal, o comitê visa garantir e acompanhar medidas para que serviços essenciais sejam mantidos à população, num momento tão delicado para todo o país. “Prezo muito pela situação de normalidade. Dentro de um momento de crise tão grave temos que ter maturidade para, juntos, fazermos todos os esforços no sentido de garantir os serviços básicos e a tranquilidade da população”, assim iniciou o prefeito Orlandinho.

Foram convidados pelo prefeito Orlandinho, o vice-prefeito e secretário de Relações Institucionais, Max Passos, o procurador do Município, Vagner Santana, o presidente da Câmara de Vereadores, Renan Gonçalves, o líder de situação na Câmara, vereador Osvaldo da Paz, a líder de oposição na Câmara, Vereadora Maria Cedraz, a Polícia Militar, representada pelo Tenente Augusto, secretário de Educação, Mario Araujo, a secretária de Saúde, Aline Pires e a secretária de Serviços Públicos, Lorena Rocha.

A principio, estão mantidos para esta semana, os serviços de coleta de lixo e iluminação pública. Na área de saúde, o funcionamento normal dos serviços de urgência e emergência na UPA, o transporte para pacientes em Tratamento Fora de Domicílio (TFD), obstetrícia, na Sta Casa, o funcionamento das unidades de saúde da família da zona urbana em horário normal e da zona rural das 7 às 13 horas (turnão). Na rede municipal de ensino a suspensão das aulas foi prorrogada até a próxima sexta-feira.

“O prefeito Orlandinho manteve contato durante o final de semana, e a gente vê aqui representantes das bancadas de oposição e governista reunidos para um decreto emergencial, formando aqui um comitê com a expectativa que a gente possa manter os serviços básicos do nosso município”, declarou o presidente da Câmara, Renan Gonçalves.

Com relação à segurança pública, Tenente Augusto informou que a situação está normal. "Gostaria de tranquilizar a população e dizer que todo o serviço de segurança está mantido 100%. Fico feliz em ver a maturidade de sentar e dialogar no momento de crise”.

O prefeito Orlandinho destacou o espírito do encontro ocorrido nesta segunda. “Quero finalizar dizendo que temos feito os esforços necessários para manter a oferta dos serviços básicos, a segurança e  tranquilidade da população de Cruz das Almas. O principal objetivo do comitê é garantir que os poderes constituídos farão todos os esforços para que o decreto de emergência seja apenas uma forma de nos anteciparmos ao agravamento da crise”, concluiu o prefeito Orlandinho.

O decreto emergencial, recomendado pela assessoria jurídica da União dos Municípios da Bahia (UPB) e discutido pelos presentes, garante ao município a aquisição de materiais por dispensa de licitação, mas este expediente só será utilizado, caso haja um eventual avanço do cenário atual para uma situação de calamidade publica. A situação será avaliada diariamente.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário