segunda-feira, 18 de junho de 2018

Especial Festejos Juninos 2018 - Queimaduras no São João de Cruz das Almas


Os festejos juninos na cidade de Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia são marcados por uma grande influência dos fogos de artifícios. A festa do Arraiá que começa no dia 21 e vai até o dia 24 de junho terá, pelo segundo ano consecutivo, programação completa por bandas de forró. A alegria dos cruzalmenses, em reafirmar a tradição da cidade, não pode ser interrompida pelas queimaduras oriundas de explosões e do contato direto com as faíscas dos fogos de artifícios.

Para atender as demandas da população que venham a se queimar durante os festejos a Secretária de Saúde planejou uma estrutura pautadas na promoção, prevenção e assistência à saúde.  “Na Unidade de Pronto Atendimento, além de aumentarmos o número de profissionais por dia, para que essa demanda seja bem acolhida e resolutiva, também montamos uma estrutura que amplia o número de leitos para observação e de apoio para as urgências e emergências. Além disso, a Secretaria de Saúde monta uma estrutura especifica para atender os festejos. Tem um Posto de Saúde no Circuito do Parque Sumaúma que funciona durante toda a noite para atender as demandas da festa. Uma outra unidade de apoio na Praça Multiuso que funciona no período da tarde e no Circuito Oton Silva na Praça Senador Themistocles também”, destacou Aline Pires, a Secretária de Saúde.

Natalia Verena acredita que a identidade do cruzalmense está ligada intrinsicamente com os festejos juninos. “Eu já me queimei duas vezes, uma vez um pouco mais grave que a espada explodiu na minha mão e eu queimei alguns dedos, mas eu acho que faz parte da brincadeira. Eu fiquei com medo de ir para o hospital, então eu cuidei das minhas queimaduras em casa mesmo, com pomadas para queimaduras e fiquei bem. Jamais me queimar me afastaria do São João, porque eu acho que faz parte da nossa tradição. A queimadura é só uma consequência”, ressaltou a jornalista cruzalmense.


A indicação da Secretária de Saúde é que todo cidadão procure atendimento especializado. Mesmo em casos mais graves o socorro imediato é o ideal. “O munícipio não pode de uma maneira irresponsável colocar o paciente grave dentro de uma ambulância e mandar pela BR para aventurar uma vaga, conseguir uma vaga numa internação. Então, nós trabalhamos com o protocolo de regulação. O paciente é regulado, alimentado no sistema de regulação e à medida que o leito vá surgindo esse paciente é chamado e fazemos a transferência de uma forma segura e responsável. Nosso principal Hospital que acolhe as nossas demandas é o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, com leito de UTI de alta complexidade para acolher essas demandas que geralmente acolhe e responde rapidamente a essas solicitações”, destaca Aline Pires.

“É claro que nós temos que brincar com responsabilidade, não querer nem se machucar, nem machucar ninguém”, ponderou Natália Verena, ao se declarar fascinada com queima de espadas na cidade. “Nós sabemos que é uma festa que a maioria da população gosta e que é muito favorável à queima de fogos, à utilização de bebidas alcoólicas. O que nós orientamos é que se brinque com moderação, não exceda e caso necessite dos serviços de saúde, nós teremos esse aporte e esse suporte na Rede para atender e acolher essas demandas, garantindo a resolutividade necessária”, declarou a Secretária de Saúde.

Leandro Queiroz – Repórter Especial – Portal Cruzalmense

Nenhum comentário:

Postar um comentário