quinta-feira, 26 de julho de 2018

Em sua página no face Rony Henrique celebra também os 121 anos de Cruz das Almas



Agosto faz nove anos que moro em Cruz das Almas, esta cidade que amo e quero passar nela a minha vida.

Aqui cheguei já formado em Filosofia, mas só. Vir para morar em um quarto que aluguei na época.

Hoje olho pra trás e vejo que o balanço foi bom:

Especializei, concursei, sou psicanalista sempre em formação, hipnoterapeuta e vivo a realização de um sonho que é o mestrado.

Já trabalhei no IFBA, UFRB, CEMAM, CEPES de Governador Mangabeira, Colégio Montessori, Rádio Alvorada-Excelsior e também na Clínica Rito Rodrigues.

Hoje trabalho no Colégio Estadual Landulfo Alves e na Faculdade de Ciências e Empreendorismo de Santo Antônio de Jesus - FACEMP.

Sou casado com Patricia Pires Queiroz, excepcional parceira, amiga e companheira mesmo em momentos sombrios. A ela peço perdão por minhas incompreensões, pois sei que na maioria das vezes é a família que suporta a minha pior versão. Tenho imensa gratidão à ela. Que minha gratidão possa converter diariamente em gestos de cuidado e reciprocidade.

Temos um filho fantástico chamado João Elias.  Minha vida.

Vir morar em um quarto que aluguei e hoje tenho minha casa... Casa Boa que Deus me deu.

Agradeço à Deus por tantas pessoas boas que ele colocou em minha volta, dentre elas meu amigo, in memorian, Oton Silva.

Faço parte de uma paróquia maravilhosa que é a da Mãe do Bom Sucesso. Povo de melhor qualidade. Por não ser só um católico vulgarmente chamado de "misseiro", dei o melhor de mim por muito tempo na Pastoral da Comunicação. Embora afastado, em virtude dos compromissos, faço parte da Renovação Carismática Católica: Companheiros de Jesus. A fé tem um lugar especial na minha vida.

Pra não dizer que tudo foi 100%, cheguei com 84Kg e hoje tenho 93Kg. Mas nada que uma dieta não resolva.

Tive alguns maus bocados. Nada veio como troca de favores ou por puxar saco de alguém. Se um dia me tornar um político, não será para um cabide de emprego, detesto isto, mas para fazer algo por esta cidade que amo do fundo do meu coração.

Que Deus abençoe esta linda cidade!

Hoje junto meu uai com oxe, aprendi a comer cozido, mas não suporto acarajé.

Cruz das Almas Hoje é parte de mim.

Obrigado ao povo amigo desta linda cidade. Receba minha gratidão!

Parabéns Cruz das Almas pelos seus 121 anos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário