quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Corpo de menina que morreu antes da irmã e mãe é exumado nesta quarta em Maragogipe

(Foto: Reprodução | TV Bahia)
Começou na manhã desta quarta-feira (5), no Cemitério de Nagé, povoado de Maragogipe, no recôncavo baiano, a exumação do corpo de Greicy Kelly Santos da Conceição. A menina de 5 anos morreu no dia 30 de julho, 15 dias antes do falecimento da irmã mais nova e da mãe, que apresentaram os mesmos sintomas.

Sendo a primeira a morrer entre as três, o caso dela foi classificado como morte natural. Mas, com o óbito das outras duas outras familiares em curto período de tempo, a polícia surgiu com a suspeita de envenenamento. Desta forma, o delegado responsável pela investigação do caso, Marcos Veloso, solicitou a exumação do corpo de Greicy.

No procedimento, que começou por volta das 10h30, estavam presentes o delegado, o coveiro do cemitério, um familiar e diversos profissionais do Departamento de Polícia Técnica (DPT). A exumação foi feita no próprio local, sem precisar remover o corpo à sede do DPT.


Por: Varela Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário