Bolsonaro desmente demissão do ministro da Educação

Foto : Isac Nóbrega/PR
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) utilizou as redes sociais para negar a demissão do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que havia sido anunciada pela jornalista Eliane Cantanhêde. Em mensagem divulgada no Twitter na noite de hoje (27), ele declarou que é alvo de "fake news" divulgada pela imprensa.

"Você sabe quem quer nos desgastar para se criar uma ação definitiva contra meu mandato no futuro. Nosso compromisso é com você, com o Brasil", declarou Bolsonaro. A permanência de Vélez no cargo é questionada por parlamentares e aliados do governo por conta do número de recuos na pasta da Educação.

Na última segunda-feira (25), a secretária de Educação Básica, Tania Leme de Almeida, pediu demissão após não ter sido consultada sobre a decisão de suspender a avaliação de alfabetização. A crise parte de uma disputa interna de pessoas ligadas ao guru ideológico de Bolsonaro, o astrólogo Olavo de Carvalho.

Fonte: Metro 1

Postar um comentário

0 Comentários