“Respeita as Mina”: público apoia tema do São João do Pelô

Foto: Aina Kaorner | Varela Notícias

Os festejos juninos foram oficialmente abertos no Pelourinho, no início da noite desta quinta-feira (20), com programação nos três largos: Tereza Batista, Quincas Berro D’Água e Pedro Arcanjo. A festa no Centro Histórico, que segue até segunda (24) e traz o tema “Respeita as Mina”.

A professora de educação física, Paula Rodrigues, 33, acredita que a abordagem dessa temática, em grandes eventos incentiva o combate ao assédio. “Nós vivemos uma revolução em que as mulheres tem um maior posicionamento na sociedade. A gente busca mais respeito, ainda sofremos muito com assédio”, afirmou.

Devido o aumento da violência contra mulher, Felipe Carvalho, 27 anos, frisa que é importante 

está sempre falando sobre o assunto. “Infelizmente, as mulheres estão cada vez mais morrendo e sendo maltratadas”, diz o farmacêutico.
Além do público, o vocalista da banda Filomena Bagaceira, Mamma Souza, destacou o apoio à campanha ‘Respeita as Mina’. “Este é um tema muito oportuno na nossa sociedade. Eu tenho uma canção que diz ‘puxa, agarra e beija’, e eu sempre faço a observação de que essas coisas podem acontecer somente se elas [as mulheres] permitirem. É um prazer fazer esse São João do Pelourinho que tem uma característica peculiar e a presença de muitas famílias”, revelou o cantor.

Durante os dias de festejo, a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM) estará com equipes no local para divulgar a campanha e propor reflexão sobre o tema.

A Secretária da SPM, Julieta Palmeira, ressaltou que a campanha utiliza a festa popular para promover uma discussão saudável. “O São João é uma festa muito característica da nossa região, e esse ano decidimos usar este espaço para a promoção de uma consciência coletiva, de governo e sociedade, para o enfrentamento a todo tipo de violência contra a mulher. Queremos relações saudáveis entre homens e mulheres, e lembramos que, depois do ‘não’ de uma mulher, tudo é assédio”.

A secretária ainda acrescentou que, na abertura dos shows no palco principal, que ocorre na sexta-feira (21), todas as apresentações serão de artistas mulheres, entre cantoras e percussionistas. Ela afirma que é um ato simbólico para mostrar o protagonismo da mulher na música.
Fonte: Varela Notícias 

Postar um comentário

0 Comentários