Feira: Prédio da Câmara Municipal é pichado com ofensa a vereador e Bolsonaro

Foto: Ney Silva

A fachada do prédio dos Gabinetes dos Vereadores de Feira de Santana, anexo à Câmara Municipal, amanheceu nesta segunda-feira (2) com uma pichação direcionada ao vereador Edvaldo Lima e ao presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da Câmara, José Carneiro, informou ao Acorda Cidade que as imagens das câmeras de segurança serão analisadas para identificar os suspeitos e que vai registrar uma queixa na delegacia. Ele informou também que vai mandar limpar a pichação com a frase: ‘F***-se Edvaldo Lima e Bolsonaro’. A suspeita é de que a pichação tenha sido motivada pelo título de Cidadão Feirense que será dado a Bolsonaro, sugerido por Edvaldo Lima (leia aqui).

Ao Acorda Cidade, o vereador Edvaldo Lima afirmou que os responsáveis devem ser punidos. Ele lembrou que em feira existe uma lei municipal que proíbe a pichação em órgãos públicos.

“Isso é uma intimação ao presidente, ao vereador e a toda Câmara de vereadores. Entendo que isso é uma espécie de ameaça. Quero dizer a toda população que fique tranquila, pois confiamos em Deus e não iremos temer. O presidente da república representa toda uma nação e precisa ser respeitado. Já temos as imagens desses elementos e vamos levar até a polícia. Foram três elementos, um subiu para fazer a pichação e outros dois ficaram na parte de baixo. Um deles colocou uma sigla com ameaça. Vamos até a polícia fazer o registro da queixa e levar a filmagem das câmeras para entregar na mão da polícia, pois vamos pedir, através da justiça, a punição desses elementos. Eles serão punidos dentro da forma da lei para entender que precisam respeitar as autoridades constituídas de uma nação”, afirmou.

O presidente da Câmara, José Carneiro, informou que após ver a pichação, solicitou as imagens das câmeras de segurança e vai encaminhá-las à polícia.

“Ao chegarmos hoje na Câmara observamos a pichação. As medidas foram tomadas, providenciamos imediatamente as imagens e já está em mãos da diretoria da Câmara, da mesa diretiva. Vamos encaminhar à polícia hoje e quem tem poder de polícia tem que resolver. É um crime cometido, um ato de vandalismo, e o procurador da Câmara vai à delegacia informar o delegado e levar as imagens”, informou José Carneiro.

De acordo com ele, não se sabe que dia a pichação foi feita. No entanto, pelas imagens é possível identificar os autores. “Dá pra ver nitidamente que são três garotos que fizeram a pichação, de mais ou menos 18 anos. Dá pra ver nitidamente quem foram os autores do crime”, disse.

José Carneiro disse que estão atribuindo a pichação à iniciativa do vereador Edvaldo Lima de homenagear o presidente Jair Bolsonaro. Ele criticou a ação contra o patrimônio público.

“Eles ofenderam tanto o vereador quanto o presidente da República. Nós estamos em um país democrático, onde cada tem o direito de se expressar livremente e defender suas ideias. Mas ninguém tem o direito de fazer o que fizeram com o patrimônio público. Aqui é patrimônio da cidade. Então a gente repudia veementemente esse tipo de atitude, que eu entendo como vandalismo.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários