Cachoeira: Flica 2019 terá atividades voltadas para o público infantil

Foto: Lílian Marques/ G1

Bate-papos, contações de histórias, apresentações teatrais, musicais, entre outras atividades voltadas para o público infantil, farão parte da programação da Fliquinha, espaço exclusivo para a criançada dentro da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece entre os dias 24 e 27 de outubro em Cachoeira (BA).

Nos quatro dias de festa, o Cine Theatro Cachoeirano vai receber milhares de crianças que buscam diversão, conhecimento e ludicidade com as mais de 20 atrações que vão compor a grade da 7ª edição da progamação infantil. “Durante esses anos, percebemos que o público aumentou consideravelmente e isso pode ser visto também na procura dos escritores locais querendo apresentar os seus trabalhos infanto-juvenis no espaço, por isso, essa edição vem ainda mais recheada de autores baianos”, conta a mediadora Mira Silva, que divide a curadoria do espaço com Lilia Gramacho.

A programação para a criançada começa na quinta (24), às 9h30, com a apresentação do grupo de dança de Cachoeira Raízes do Ébano. Em seguida, às 10h, a mediadora Mira Silva conversa com o músico, escritor e ator Ramiro Naka, natural de Guiné Bissau e radicado em Salvador. A partir de 10h30, o bate-papo é com a escritora Renata Fernandes. Logo depois, às 11h30, o Trio de Palhaços apresenta o espetáculo circense ‘Leia Aê!’. No período da tarde, a programação continua. Às 14h30 tem bate-papo com Eneas Guerra e às 15h30 com o doutor em Letras pela FFLHC-USP, pesquisador, tradutor e autor de livros para crianças Peter O’Sagae. Às 17h, o grupo Teatro Viável apresenta a peça 'O Mundo das Minhas Palavras'

À noite, a partir de 19h, Peter O’Sagae volta ao palco da Fliquinha com uma oficina “Você tem poesia ou uma boa história para contar?” voltada para os adultos que querem escrever para criança. A oficina pretende ser uma roda-de-conversas e escuta a respeito da criação e escrita de narrativas em ritmo de poesia para crianças e cada participante será convidado a levar ou escrever um conto ou uma narrativa em rimas, a partir da leitura de exemplos e dos processos de reescrita compartilhados pelo escritor. A oficina é gratuita e será oferecida nas três noites do evento com uma duração de 9 horas.

Na sexta-feira (25), os pequenos também terão um dia intenso. Logo às 9h30, Mira Silva bate-papo com o poeta e contista Davi Nunes, em seguida, às 10h, a conversa é com a pesquisadora Rosangela Cordaro sobre o livro ‘O dia em que almocei a bisa’ e às 10h30, a escritora Lulu Lima fala sobre seu livro ‘As Aventuras de Matias’. Às 11h30, uma das principais companhias de teatro de bonecos do país, o Grupo Girino, encerra a programação matutina. A professora e escritora Mabel Veloso abre a programação da tarde, às 14h30. Logo depois, às 15h30, o bate-papo é com a escritora Luciana Savaget. Com 35 livros publicados no Brasil, na Alemanha, México, Colômbia e Palestina, a autora ganhou diversos prêmios, entre eles o Personalidade do Ano Internacional da Criança - conferido pela União Brasileira dos Escritores. Às 17h, os pequenos conferem a apresentação do Coletivo Duo e seu espetáculo ‘O Barão das Árvores’. À noite, a partir de 19h, Peter O’Sagae volta com sua oficina para adultos.

No sábado (26), a programação da Fliquinha continua e a garotada irá conferir, a partir das 9h30, um bate-papo com a escritora Érica Falcão. Em seguida, às 10h, a atração infantil é Ivan Zigg - autor em mais de cem livros infanto-juvenis, seja como escritor ou ilustrador e vencedor do Prêmio Jabuti de Ilustração para Livro Infantil. Artista múltiplo. Zigg trabalha com o encantamento como principal ferramenta de formação do leitor em encontros que unem pais, filhos e educadores.

Fechando a programação da manhã de sábado, às 11h30, Mira Silva conversa com Emília Nuñez, escritora de livros para infância, entre eles o best-seller ‘A Menina da Cabeça quadrada’ e ‘Brincar de Livro’. Em sua terceira Fliquinha, ela apresentará o livro "A Banda das Meninas" junto com a banda Minassauras. Emília foi a autora infantil mais vendida na Flica 2018 com o livro "Da raiz do cabelo até a ponta do pé". A tarde de sábado começa com apresentação teatral com o grupo Girino. Às 15h40, Zigg volta para mais uma rodada de bate-papo e às 17h, o Grupo Canela Fina, atração sempre disputada da Fliquinha, leva música para a garotada. À noite, Peter O’Sagae continua coma a oficina “Você tem poesia ou uma boa história para contar? ”.

Encerrando a programação da Fliquinha 2019, no domingo (27), a partir das 9h30, os autores Sérgio Perez, Ana Paula Mira, Palmira Heine e Luiza Meireles conversam com a mediadora Mira Silva sobre como foi escrever o primeiro livro. Às 11h, acontecerá a apresentação musical com o grupo Corrupio com seu repertório centrado nas canções e brincadeiras do cancioneiro tradicional infantil e de músicas autorais.

A Flica 2019 é uma apresentação do Governo do Estado da Bahia, realização da icontent e Cali, patrocínio da Coelba via Fazcultura e Governo do Estado, apoio institucional da Rede Bahia e apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira.

Assessoria de Imprensa

Postar um comentário

0 Comentários