About Me

https://www.youtube.com/watch?v=kavGIUKo28E&feature=youtu.be

Cruz das Almas é a segunda cidade do interior com mais projetos aprovados no Programa FazAtleta

Foto: Reprodução

A nova lista de atletas contemplados pelo Programa de Incentivo ao Esporte Amador, Olímpico, Paralímpico do Estado da Bahia (FazAtleta) foi divulgada na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (18). Foram 13 novas propostas selecionadas, elevando o número de beneficiados para 70 projetos aprovados. Deste total, 51 atletas são do interior do estado.

Dos 4,5 milhões disponíveis para o programa em 2021, aproximadamente R$ 1,9 milhões já estão comprometidos, contemplando nomes como o de Diego Ferreira dos Santos, do judô, Luan Veloso, da paracanoagem, e Natan Rodrigues, do tênis.

Até o momento, cerca de 50 empresas investem, por meio do FazAtleta, em talentos do esporte distribuídos em 21 municípios do estado. Judô e ciclismo são as modalidades que mais tiveram propostas aprovadas. As duas juntas, somam 50 propostas, quase 80% das modalidades atendidas nas duas listas divulgadas até agora (a primeira, em 06 de agosto e esta de agora). As outras modalidades são: natação, tênis, hipismo, rali, karatê, paracanoagem, triathlon e jet ski.

Do Sudoeste, Jequié é o município baiano que mais emplacou atletas até agora. Ao todo, 12 propostas já foram aprovadas, com predomínio do judô, com nove projetos. Em seguida a cidade de Cruz das Almas, com outras cinco. Já em Salvador, 19 atletas estão sendo beneficiados.

De acordo com o judoca Diego Ferreira, o fato de o judô ser uma modalidade organizada contribui para que muitos atletas tenham bons resultados no alto rendimento. “Aqui em Jequié, esse número expressivo de atletas contemplados pelo programa, atribuímos também ao trabalho que a gente vem realizando com o projeto social Judô Ação, com aulas de iniciação esportiva, onde preparamos esses atletas para o alto rendimento. O auxílio financeiro do FazAtleta tem sido muito importante para todos, especialmente para a nossa modalidade e a cidade de Jequié”, disse.

FazAtleta

Iniciativa do Governo do Estado, por meio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), da Fazenda (Sefaz), o FazAtleta oferece recursos para financiamento de equipamentos esportivos, remuneração para atleta, técnico e preparador físico, despesas com competição, entre outros.

O programa funciona através da concessão de abatimento de 80% do valor total do projeto sobre Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) às empresas, situadas no estado da Bahia, que apoiam financeiramente projetos esportivos que são aprovados pela Comissão Gerenciadora do Programa. O objetivo é incentivar o desenvolvimento do esporte amador olímpico e paralímpico baiano.

Titular da Setre, o secretário Davidson Magalhães destaca que o Faztleta é um programa consolidado na Bahia, dizendo, ainda, tratar-se de “um incentivo fiscal onde todos são beneficiados: o atleta, a empresa e também o governo. Trabalhamos com a ideia de fortalecer cada vez mais essa importante política pública”, reafirma.

O diretor-geral da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb) e presidente da Comissão Gerenciadora do Programa (Comger), Vicente Neto, chama a atenção para a forte presença do judô, por exemplo, que já contemplou 31 propostas de atletas, seguido pelo ciclismo, com 18. “Outro aspecto positivo é observar o quanto tem crescido o número de empresas do interior que têm investido em nossos atletas. Isso é muito bom para todos, como aponta o secretário Davidson, e também demonstra a confiabilidade dos empresários no programa”, observa.

Lista de municípios contemplados: Salvador, Jequié, Cruz das Almas, Vitória da Conquista, Barreiras, São Gonçalo dos Campos, Lauro de Freitas, Mucugê, Governador Mangabeira, Senhor do Bonfim, Alagoinhas, Caetité, Feira de Santana, Luis Eduardo Magalhães, Irecê, Castro Alves, Santo Antônio de Jesus, Manoel Vitorino, Velença, Camaçari e Mata de São João.

Via: SECOM - Bahia

Postar um comentário

0 Comentários