Temos na Bahia 5,6 milhões de doses da vacina em atraso, diz Adélia Pinheiro

Foto: Anderson Ramos / Bahia Notícias

Incorporação de tecnologias, qualificação, interiorização e hierarquização da prestação da assistência à saúde. De acordo com a médica Adélia Pinheiro, nova secretária de Saúde da Bahia, essas são algumas das suas prioridades à frente da Secretaria (Sesab).

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (14), Adélia disse que a Sesab monitora diariamente a situação dos indicadores da Covid-19 e afirmou que o estado permanece em alerta.

“Nós temos hoje na Bahia 5,6 milhões de doses da vacina em atraso , seja primeira dose, segunda ou dose de reforço. Então estamos no esforço de seguir vacinando em primeira dose as pessoas de 5 a 11 anos”, disse.

Quanto às recomendações do Conselho Estadual de Saúde (CES), que vem indicando novas recomendações de restrição durante a pandemia, Adélia disse que a Sesab produz dados técnicos que são levados em consideração dentro de uma articulação que inclusive tem como partícipe Marcos Sampaio, presidente do CES-Ba.

Fonte: Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários