Subscribe Us


Em reunião com Bolsonaro, WhatsApp confirma que nova funcionalidade só após eleição

Foto: Reprodução/Whatsapp

Foi confirmado, nesta quarta-feira (27), que o lançamento da nova ferramenta “Comunidades”, do WhatsApp, que permite grupos com milhares de pessoas ocorrerá somente após as eleições de outubro deste ano.

O anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, e representantes do aplicativo, durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Na prática, o resultado da reunião significa uma derrota do presidente, que queria forçar o WhatsApp a iniciar o uso da ferramenta antes das eleições, com o objetivo de utilizá-la em sua campanha à reeleição.

Segundo relatos obtidos pela reportagem da Folha de São Paulo, durante a reunião, o presidente insistiu para que a estreia fosse antecipada.

Ao final, Bolsonaro teria concordado com os argumentos dos representantes do WhatsApp e com as ponderações do ministro. Participaram do encontro, o diretor de políticas públicas do WhatsApp no Brasil, Dario Durigan, e outros três representantes da empresa no país.

Nesta quarta, após a reunião, tanto os representantes do aplicativo como o ministro negaram que esse prazo de início tenha relação com algum tipo de acordo entre a empresa e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dizem que a decisão sobre a ferramenta “comunidades” é global e por questões de mercado.

Segundo a reportagem apurou, o lançamento global da ferramenta deve ocorrer em setembro, um mês antes das eleições no Brasil.

O WhatsApp anunciou em estágio experimental do recurso “Comunidades”. Na prática, trata-se de um grande grupo de grupos, que pode ter milhares de membros, com toda a comunicação criptografada. A novidade estará em teste com alguns usuários nos próximos meses.

Bahia.Ba

Postar um comentário

0 Comentários