Morador de Cruz das Almas é dado como morto por covid-19 em fake news nas redes sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O morador de Cruz das Almas, Delfino Karlos, precisou publicar nas redes sociais um resultado de exame de Covid-19, após uma falsa notícia que se espalhou pelos grupos de whatsapp onde afirmava que ele foi mais uma vítima do coronavírus na cidade.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

"Meus amigos, nos últimos dias circulou por alguns grupos de whatsapp uma foto minha dizendo que fui levado a ÓBITO vítima do COVID 19. Quero aproveitar e desmentir esse boato e dizer aos amigos e aos que assim procederem que estou VIVO e  que nenhum momento contrair o VÍRUS ( e se tivesse ficaria em minha casa me recuperando e  confiando  no meu DEUS)", escreveu.

A internet tem sido uma ferramenta importante, tanto no acesso às informações quanto na aproximação das pessoas durante o isolamento social, mas ela pode ser também um perigoso canal das chamadas fake news.

A criação e disseminação de notícias falsas sobre epidemias, endemias e pandemias passou a ser punida com multa, através de uma lei aprovada no dia 22 de maio, pelos deputados do estado, em sessão virtual da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

De acordo com a nova lei, a multa poderá variar entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. A medida vale para quem elaborar, divulgar e utilizar softwares ou outros mecanismos para compartilhamento em massa de fake news.

Por: Portal Cruzalmense

Postar um comentário

0 Comentários