Subscribe Us


Menor Nico aciona Justiça e pede condenação de autores de comentários racistas

Foto: Reprodução

Após ter sido alvo de comentários racistas nas redes sociais, o cantor baiano do sucesso "Amor ou o Litrão" Menor Nico ingressou nesta quarta-feira (1º) com uma ação judicial no Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). Representado pelo seu pai e assistido pelo advogado Leonardo Britto, o influenciador digital de 15 anos recolheu as identificações de algumas pessoas que o discriminaram para que medidas sejam tomadas.

"Nós protocolamos uma representação por injúria racial, com pedido de providências urgentes. Solicitamos que o Facebook notifique os usuários que a gente conseguiu identificar -- alguns são 'fakes', mas outros são reais --, e pedimos a condenação individual pelo crime", afirmou Britto.

A defesa reforça que o cliente é protegido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O advogado se reuniu com o MP-BA, pedindo a imediata interferência do órgão estadual. Segundo ele, o promotor da comarca de Santo Estêvão, "se comprometeu a abraçar a causa, tomar as medidas cabíveis e praticar os atos necessários para buscar a proteção do menor, não somente por ele ser menor, mas também para o combate do crime, que vem sendo praticado frequentemente no ambiente virtual".

Questionado sobre como Nico está se sentindo após os ataques preconceituosos, o advogado afirmou que teve contato com o adolescente nesta quinta e observou que ele está mais tranquilo, cuidando da sua saúde mental. "Ele está fazendo acompanhamento psicológico. Já fazia, e está continuando para evitar possiveis futuros traumas. Uma hora ele está bem, outra ele fica triste. Está oscilando", contou.

Fonte: Metro 1 

Postar um comentário

0 Comentários