Recôncavo: Deputado Robinson Almeida solicita recuperação da BA 494 em São José do Itaporã

Foto: Reprodução/Cruz das Almas News

O deputado estadual Robinson Almeida (PT), vice-líder do governo do estado, solicitou, através de Indicação apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), obras de repavimentação asfáltica na rodovia BA-494, no trecho que liga a BR-101 ao centro do distrito de São José do Itaporã, no município de Muritiba. O documento foi endereçado ao governador Rui Costa e ao secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Para justificar seu pleito, o parlamentar argumenta que a intervenção tem impacto socioeconômico não só para o distrito – que conta com aproximadamente 12 mil habitantes –, mas para toda região. Segundo ele, apesar de pertencer a Muritiba, dada a proximidade geográfica, muitos moradores se socorrem do comércio e de prestadores de serviço de Cruz das Almas. 

“Portanto, é frequente a utilização da BA-494, que dá acesso ao distrito, a partir da BR-101. A estrada que liga São José do Itaporã à BR-101 já não apresenta boas condições de trafegabilidade. Têm sido múltiplas as manifestações de cidadãos da região, que pleiteiam a recuperação da rodovia, a garantir não apenas mais segurança à viagem, mas também a redução do tempo dela”, escreveu o petista.

Robinson Almeida também apontou que a BA-494 liga a BR-101 à cidade de Cabaceiras do Paraguaçu e, mais adiante, à BR-116, nas proximidades de Santo Estevão. “A despeito da importância para os habitantes de São José de Itaporã, a estrada é útil a tantas outras pessoas que se deslocam entre duas das mais importantes rodovias federais que cruzam a Bahia. Decerto, a recuperação da estrada reafirmará o compromisso do governo do Estado da Bahia na proteção dos cidadãos que trafegam nas rodovias estaduais, garantindo-se, por consequência, maior dinâmica no trânsito dos passageiros e veículos motorizados”, concluiu o deputado Robinson Almeida, no documento enviado ao governador Rui Costa. 

Assessoria de Comunicação 

Postar um comentário

0 Comentários