Com aumento do número de casos de Covid-19, MP-BA volta a adotar regime de trabalho híbrido

Foto: FORTE NA NOTÍCIA

Diante do aumento do número de casos de Covid-19 na Bahia, a partir desta terça-feira (18), as unidades do Ministério Público estadual passam a funcionar em formato híbrido (presencialmente e em teletrabalho) até o dia 31 deste mês.

O MP estava funcionando no formato presencial desde novembro de 2021, mas após o aumento no número de pacientes infectados pela Covid-19 na Bahia, o procurador-geral de Justiça em exercício, Paulo Marcelo Costa, instituiu o regime hibrido a partir desta terça-feira (18).

Segundo a determinação, 30% do quadro de pessoal das respectivas unidades vai exercer o trabalho presencialmente, em escala de rodízio, com alternância em períodos semanais de trabalho.

Ainda segundo a decisão, atos administrativos deverão ser realizadas preferencialmente por videoconferência. O horário do expediente segue o mesmo em todas as unidades do MP, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

O MP diz ainda que o atendimento remoto deverá ocorrer tanto ao cidadão, às partes e interessados, como a integrantes do sistema de Justiça, autoridades e agentes públicos. O atendimento presencial deve ser feito por agendamento.

De acordo com o último boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), divulgado na segunda-feira (17), a Bahia tem 9.479 casos ativos da Covid-19. O número é o maior desde 16 de julho do ano passado, quando o estado apresentou 10.054 casos ativos para a doença.

Conteúdo G1

Postar um comentário

0 Comentários