Novo ataque hacker atinge portal de cultura do governo da Bahia; grupo critica redução de público em eventos

Foto: Reprodução

O site da Secretaria de Cultura da Bahia (Secult) foi hackeado nesta terça-feira (25). Esse é o segundo ataque hacker contra portais do governo do estado em menos de cinco dias. Nesta manhã, o portal da Secult passou a ser direcionado para o site do governo do estado.

Na última quinta-feira (20), pelo menos 21 outros 20 portais do governo da Bahia, como os das secretarias de Segurança Pública (SSP) e Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) também foram atacados. Um grupo do Paraná assumiu a autoria do caso.

Além de criticas ao governador Rui Costa e ao decreto de redução de público em eventos na Bahia, a publicação do grupo hacker afirma ter "máximo respeito aos profissionais da cultura do estado da Bahia".

No ataque da semana passada, uma mensagem comparava a violência na Bahia ao Rio de Janeiro, além de insultos ao governador Rui Costa e à vacina. Também na publicação, o grupo hacker afirmou ter "máximo respeito aos profissionais de segurança pública".

Através de nota, o governo do Estado disse que a Secretaria da Segurança Pública (SSP), através da Polícia Civil e com o apoio da Superintendência de Inteligência, já iniciou as investigações sobre o ataque ao sites institucionais do Governo do Estado.

De acordo com a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), não houve alteração da estrutura interna dos sites das secretarias, órgãos e empresas estaduais, que permanecem preservados.

A Prodeb ainda afirma que não foi diagnosticado acesso, vazamento ou apagamento de dados públicos. Ainda segundo a nota, técnicos da Prodeb, onde ficam hospedados os sites institucionais do Governo do Estado, também atuam para identificar a origem do ataque e solucionar o problema.

Fonte: G1 Bahia

Postar um comentário

0 Comentários