Subscribe Us


Santoantoniense passa em concurso para ser Procuradora Geral do Estado

Foto: Divulgação

Filha de mãe costureira e feirante, a santoantoniense Emanuela dos Santos Silva foi aprovada nos concursos da Procuradoria-Geral do Estado do Ceará e da Paraíba. Além de ser negra, ela é ex-estudante de escola pública estadual.

Ao Tribuna do Recôncavo, Emanuela falou que estudou o ginásio e ensino médio em colégios públicos de Santo Antônio de Jesus (Colégio Luis Eduardo Municipal e no antigo Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, respectivamente). Aos 18 anos conseguiu passar em 4 vestibulares de direito em universidades públicas, porém ingressou e se formou na Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Ao sair da universidade Emanuela decidiu que queria ser Procuradora do Estado. “A decisão de galgar uma vaga como Procuradora foi muito difícil, pois na condição de mulher, negra e de origem pobre, essa realidade parecia muito distante [porque] os números de representatividade negras nos cargos mais bem remunerados são muito baixos. No entanto, a vontade de ser aprovada, de crescer e poder incentivar outras pessoas, era além de qualquer estigma imposto pela sociedade”, disse.

Emanuela ainda falou que a jornada de quase quatro anos foi muito árdua, porém ela conseguir conquistar o seu grande objetivo de ser Procuradora do estado, sendo aprovada nos concursos da Procuradoria-Geral do Estado do Ceará e da Paraíba. Ela assumirá no Ceará. Emanuela também foi aprovada na Procuradoria municipal de Jundiaí.

“Quero que minha conquista seja inspiração para várias outras mulheres negras, mostrando-as que elas podem chegar onde quiserem. Espero que um dia não seja estranho e desconfortável para muitos encontrar juízes, promotores e procuradores negros”, concluiu.

Matéria: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo®

Postar um comentário

0 Comentários