Subscribe Us


Cuidados e medidas de prevenção são abordados na Clínica de Hemodiálise Cruz das Almas

Foto: Reprodução

Profissionais da Clínica de Hemodiálise Cruz das Almas, pacientes e acompanhantes participaram de uma série de ações, com o objetivo de informar a importância de medidas preventivas, através da correta higienização das mãos. O hábito de lavar as mãos com água e sabão ou soluções antissépticas previne a disseminação de microrganismos e evita a transmissão de infecções, sendo assim, a higienização das mãos deve ser reforçada aos profissionais de saúde e sendo praticada em todos os ambientes também por pacientes/acompanhantes.

Celilucia Santos coordenadora de enfermagem da unidade destaca que é preciso que ocorra a higienização com álcool em gel, quando não for possível lavar as mãos. “Aqui na Clínica de Hemodiálise realizamos ações para divulgar a prática correta da higienização das mãos e sua importância na prevenção e controle das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde – IRAS. Tanto o sabonete comum quanto o álcool em gel são eficazes para a limpeza das mãos e podem evitar a contaminação por doenças, entretanto, se houver sujidade aparente, é necessário lavar as mãos com água e sabão”, informou.

Importante lembrar que dia 15 de maio é celebrado O Dia Mundial da Lavagem das Mãos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o simples ato de lavar as mãos reduz em até 40% o risco de contrair doenças como gripe, diarreia, infecção estomacal, conjuntivite e dor de garganta. É a rotina mais simples e eficaz na prevenção e controle da disseminação de microrganismos e deve ser realizada sempre após tossir, espirrar, mexer com dinheiro, usar o banheiro, limpar o nariz e cumprimentar pessoas.

Ascom da Clínica de Hemodiálise


Postar um comentário

0 Comentários