Comerciantes tranquilizam população de Cruz das Almas sobre consumo de peixes e mariscos: “pode comer sem cisma que não tem óleo”

Foto: Júnior Rodrigues/Portal Cruzalmense - Arquivo

A equipe do Programa 'Conexão Excelsior', da Rádio Excelsior Recôncavo (105,1 FM), esteve na última sexta-feira (1) conversando com os comerciantes do Mercado das Carnes, em Cruz das Almas, sobre como o desastre ambiental causado pelo óleo espalhado nas praias do Nordeste tem influenciado nas vendas de peixes e mariscos na cidade.

O vendedor de peixes Antônio Jorge afirmou que os pescados que são vendidos em seu box são comprados em áreas não afetadas pelo óleo, cidades do sul do país. "Pode comer sem cisma que não tem nada haver com óleo, os produtos que vendo são de Santa Catarina", disse.

De acordo com o vendedor de caranguejos, Senhor Antônio, desde o início do desastre ambiental ele pôde perceber uma redução nas vendas dos seus produtos. Segundo ele, isso ocorre por conta da preocupação das pessoas em consumir peixes e mariscos que possam estar contaminados com o óleo que tem se espalhado em diversos municípios baianos incluindo a capital baiana. "Muitas pessoas chegam aqui me perguntando se os mariscos tem óleo, mas não tem. Os meus produtos são de Maragogipe, local que não foi afetado", garante.

O consumidor de mariscos, seu Luiz, diz que compra sempre no mercado das carnes de Cruz das Almas e sabe a origem dos produtos. "Na cidade de Maragogipe não chegou ainda. Eu compro aqui há mais de dez anos e confio. Pode ficar tranquilo, mas é preciso saber de onde esses mariscos estão vindo", disse.

Texto: Portal Cruzalmense / Reportagem: Elaine Conceição - Conexão Excelsior

Postar um comentário

0 Comentários