Inema investiga espuma no rio Paraguaçu que assustou moradores

Foto: Reprodução

Depois das denúncias realizadas por moradores da cidade de São Félix onde registraram no último domingo (27) grande quantidade de espuma sobe o Rio Paraguaçu, mais precisamente nas proximidades do bairro 135, o governo estadual decidiu investigar a causa.

Moradores acusaram uma empresa que atua na área de curtimento (couro) e utiliza a água do rio Paraguaçu para realizar o processo de beneficiamento de couro. A empresa por meio de entrevista afirmou utilizar a água do rio, no entanto, destacou nenhuma anormalidade na operação da fábrica.

Procurado pelo site Recôncavo Online, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), formalizou denúncia sobre o ocorrido e segue com equipe técnica “in loco” apurando o caso.

Procurada novamente a empresa afirmou que vai emitir uma nota técnica nos próximos dias.

Postar um comentário

0 Comentários