Subscribe Us


Cruz das Almas: Professores protestam contra o prefeito Ednaldo Ribeiro na abertura da Jornada Pedagógica 2022

Foto: Reprodução

Professores da rede municipal de ensino de Cruz das Almas protestaram contra o prefeito Ednaldo Ribeiro na abertura da Jornada Pedagógica 2022 que aconteceu na segunda (21/02). Segundo a categoria, representada pela APLB Sindicato, o protesto foi contra a forma como a Prefeitura decidiu ratear os R$ 417 mil de sobras do Fundeb, o pagamento do chamado “salário-férias”, além do desconto de todos os consignados de uma só vez. "Bagunçou a vida financeira de diversos profissionais. A Prefeitura agiu de modo intempestivo", diz trecho da nota.

Nota da APLB Sindicato de Cruz das Almas:

A APLB de Cruz das Almas marcou presença na abertura da Jornada Pedagógica 2022 realizada nesta segunda-feira, dia 21/02, no Centro Pedagógico Claudemiro Dias Pamponet.

O evento, que representa o início do ano letivo, contou com protesto pacifico de um grupo de professores que usaram uma camisa com a frase “Nenhum Direito a Menos”.

Todas as vezes que alguma autoridade do governo municipal pegava o microfone para discursar, esses professores ficavam em pé.

O objetivo foi demonstrar a indignação da categoria pela forma como a Prefeitura decidiu ratear os R$ 417 mil de sobras do Fundeb, e não somente por isso. O pagamento do chamado “salário-férias” e o desconto de todos os consignados de uma só vez bagunçou a vida financeira de diversos profissionais. A Prefeitura agiu de modo intempestivo.

O tema da jornada é “Um novo olhar para recomeçar”, mas na programação da semana mais uma vez ficaram de fora assuntos importantes, como o Novo Fundeb, Carga Horária, Plano de Carreira, Calendário Letivo, entre outros. É momento de se debruçar sobre temas relevantes para o bom desempenho da rede municipal de ensino, e não em meras discussões por conveniência.

Apesar do Prefeito Ednaldo atender à reivindicação da APLB e pagar o piso salarial nacional 2022, de 33,34%, muito ainda precisa ser feito. A valorização profissional começa quando uma gestão cumpre todas as leis, dialoga com a entidade sindical e oferece suporte humanizado para os profissionais trabalharem com dignidade.

A APLB reafirma seu caráter diplomático, sempre em cooperação com órgãos de gestão da educação e quaisquer outros necessários para o pleno desenvolvimento das atividades dos Profissionais da Educação.

Fonte: Diário da Notícia 

Postar um comentário

0 Comentários